Sábado, 22 de julho de 2017
Logo

Acesso ao Painel

cadastre-se | esqueci minha senha

  • Leitura
    A A
  • Imprimir
  • Indique nosso site

O movimento

Você já se imaginou parado sem conseguir se movimentar!

Quando pensamos e falamos em movimento, normalmente não nos damos conta da quantidade de estruturas que necessitam estar integras para que este processo ocorra de maneira uma harmoniosa.

Estruturas como cartilagem, osso, tendão, músculo, ligamento, bolsas sinoviais, cápsula articular, líquido sinovial e terminações nervosas, sempre estarão envolvidas em qualquer movimento e, do bom funcionamento destas é que resultam movimentos harmoniosos, efetivos e indolores.

Tecido ósseo

É o tecido ósseo um tecido conjuntivo denso formado, basicamente, por dois tipos de células, osteoblasto e osteoaclasto. Possue ele a função de sustentação de todas as estruturas, funcionando como braço de alavanca nos movimentos.


180Kb - 1,3 min / 28kbps

Cartilagem articular

A cartilagem articular é composta por um tecido conjuntivo denso, formado de células denominadas condrócitos, que sintetizam colágeno, mucopolisacarídeos sulfatados, condroitina e ac.hialuronico. São duas as funções básicas da cartilagem articular. A primeira é de regularização de superfícies ósseas e a segunda, a de formar um coxin de amortecimento para absorver choques, quando de movimentos de compressão.


879Kb - 4,5 min / 28kbps

Músculos

O tecido muscular é um tecido diferente dos anteriores, sendo formado por células denominadas miócitos, cuja função básica é a de contração. Esta só ocorre mediante estímulos nervosos que podem ser comandados, dependendo do tipo e do grupo muscular analisado. Mediante o processo de contração muscular, é que duas extremidades ósseas se movimentam.


 

Tendão

Para que o músculo se insira na superfície óssea é necessário que este sofra um processo de especialização, transformando-se em uma estrutura fibrosa, resistente e que será o ponto de tração e alavanca, quando dos movimentos. È o tendão uma estrutura com grande resistência à cargas, baixo grau de extensão, sendo constituído por numerosos fascículos de fibras colágenas que se dispõem paralelamente, rodeadas e separadas por tecido conjuntivo. É pelo tendão que é transmitida até a superfície óssea a força gerada no músculo. São os tendões, em áreas de alto grau de solicitação, envoltos por uma membrana (peritendão), cuja função é conter um íiquido lubrificante que, diminui o atrito, quando dos movimentos. Talvez a melhor analogia entre o movimento executado pelo tendão nestes locais seja o de uma espada com sua respectiva bainha.

Ligamentos

Duas superfícies ósseas quando justapostas, e apoiadas, estão em um processo de instabilidade, sendo necessário que as mesmas se unam de uma maneira estável para que determinados eixos sejam mantidos, quando da movimentação. Compostos basicamente por fibras colágenas, os ligamentos funcionam como presilhas de estabilização entre duas superfícies ósseas.

Bolsa sinovial

Em determinadas articulações, para que não ocorra contato direto entre a musculatura e a superfície óssea, existem alguns coxins de amortecimento localizados, que funcionam como almofadas a fim de diminuir o atrito, quando da movimentação.

Liquido sinovial

Para que também não ocorra atrito dentro da articulação, é importante que a mesma esteja constantemente lubrificada. O líquido responsável por esta lubrificação é denominado de líquido sinovial. Encontra-se ele contido dentro da articulação, graças a existência de uma cápsula (envoltório) que em sua parte interna possue uma membrana de revestimento composta por células denominadas sinoviócitos. São os sinoviócitos os responsáveis pela fabricação deste líquido lubrificante.(liquido sinovial)

PRATIQUE ESPORTE SEMPRE COM A ORIENTAÇÃO DE UM PROFISSIONAL COMPETENTE.

Dr. Antonio Carlos Novaes (Reumatologista)
Assistente Estrangeiro da Fac. de Med. de Paris